Momentum

 

Menu

VÍCIO


prisões mentais...

SANANDA/JESUS DE NAZARETH

Fonte:http://awakening-mind.net/

O QUE ESTÁ POR TRÁS DO MEU "VÍCIO FÍSICO"

P: Eu só gostaria de saber o que o Curso diz em relação a vícios? Eu sou viciado em cigarros e para mim tem sido impossível parar de fumar. Eu sei que isso soa negativo, mas tenho tentado de tudo: pensamentos positivos, grupos de apoio e tudo mais. Uma parte de mim me culpa pela minha falta de controle ou força de vontade. É realmente assim? I sinto como se tivesse algo mais sobre isso. Sinto como se a minha batalha com o cigarro representasse a minha batalha com a minha mente do ego. Eu estava pensando se você teria alguma luz em relação a vícios. Muito obrigado por tudo que você nos tem dado. Você realmente é uma bênção.

Com Amor.

R: Amado Milagre é são função adição.

Limpar o caminho para a paz interior significa expor e liberar a crença no vício. O que parece ser um vício físico como, por exemplo, fumar é sempre um sintoma do vício mental de julgamento, e a liberação do julgamento é a liberação do ego. O julgamento sempre envolve conceitos e comparações, e este cosmos inteiro é construído sobre a premissa do julgamento. O Ser Que Deus criou Único está além do julgamento, pois o que há para se comparar em Pura Unicidade que é Imutavelmente Eterno? Todos os julgamentos específicos são uma tentativa de avaliar o Ser, porém o Ser que Deus criou está além da possibilidade de avaliação.

A Totalidade é eternamente completa. A crença na carência, portanto, é uma crença no vício. O que parece ser vícios físicos são encobrimentos ou distrações para não olhar para dentro e passar pelo medo até alcançar o Amor interior. Enquanto muitos estão cientes que vício passam a sensação de miséria, o medo de olhar para dentro parece ser mais assustador para uma mente adormecida do que o pensamento de manter o vício. Porém quando a mente está disposta e pronta, sentimentos há muito represados são permitidos entrar na consciência... e podem ser atravessados e liberados. Esta é a abertura para a cura, e a cura é o sinônimo de liberação do julgamento.

Conforme o Coração se abre o Amor interior é revelado. Onde uma vez acreditava-se que o coração precisava de proteção repentinamente é visto que o Coração se revela na extensão. E com esta abertura o Amor escorre e flui sem limites ou condições, e a lembrança do Verdadeiro Amor, sempre estendendo Amor, é restaurada na consciência. Pois o Amor nunca está ausente... a única escolha é estar ou não ciente do Amor.Livre Arbítrio é livre para sempre e Uno com Deus. Escolha e julgamento surgem com a crença que foi possível separar-se. A premissa de qualquer "escolha" é dualidade, e a Expiação ou Correção do erro vê a impossibilidade da dualidade. O que é Uno agora é Uno para sempre e nunca pode ser separado. Conforme a mente olha para dentro, ela é Levada para além do medo e da culpa que uma vez ela procurou esconder e proteger, e Levada adiante até a Luz.

Eu estou unido com você na experiência interior da Luz do Amor. Quando a jornada interior parece intensa e assustadora, lembre-se... isto também irá passar. O valor da liberação do erro é a determinação. E êxtase do Ser, livre de julgamentos e pensamentos viciosos, é indizivelmente Glorioso. Um brinde à busca interior. Um brinde ao Desapego!

Amor e Bênçãos sempre.